logo

Como lidar com assaduras em bebês? - CLÍNICA VITTÁ

Como lidar com assaduras em bebês? - CLÍNICA VITTÁ

A dermatite de fraldas gera muita preocupação aos pais, apesar de ser um quadro comum. Veja o que fazer para melhorar as assaduras em bebês! 

  

Assaduras em bebês, também conhecidas como eritema de fralda ou dermatite de fraldas, se constitui como um quadro em que as nádegas, as genitais, a virilha, a parte inferior do abdômen e a parte superior das coxas apresentam bolinhas ou estão quentes e avermelhadas. 

Em alguns casos, as erupções vermelhas podem ser acompanhadas por escalas de amarelo, o que denuncia um quadro mais grave. De qualquer forma, pediatras devem ser consultados para orientar o melhor tratamento para a criança. 

Veja a seguir como lidar com assaduras em bebês! 

 

Fatores que provocam assaduras em bebês 

Antes de mais nada, é importante entender que quando a criança permanece por muito tempo com a fralda molhada ou suja, a probabilidade de surgir assadura aumenta bastante.  

Ao mesmo tempo, o simples contato da fralda com a pele também pode provocar essa dermatite, assim como infecção por fungos e bactérias. 

Os bebês também podem ter reação alérgica a algumas marcas de fralda. Então, os pais devem ficar atentos para assaduras que surgem após a troca de uma fabricante para a outra. 

 

O que pode ser feito? 

Primeiramente, a respiração da pele deve ser priorizada. Isso significa que o bebê deve ficar sem fraldas por determinado período todos os dias até que o quadro apresente melhoras significativas. Afinal, o calor e a umidade são os principais vilões nesse momento. 

Além disso, o número de troca de fraldas deve aumentar. O ideal é que isso seja feito logo após a alimentação e a evacuação. 

Inclusive, vale recorrer a marcas que são mais absorventes, enquanto aquelas de pano devem ser dispensadas. 

Os pais também podem auxiliar o processo de cicatrização das assaduras em bebês deixando a região exposta ao sol por um curto período. 

Já em relação à higiene, essa deve ser feita com água e gaze ou até mesmo com a fralda de algodão. Os lenços umedecidos vendidos em farmácia podem contribuir para a irritação da pele. Portanto, não são recomendados até que o bebê esteja com uma aparência melhor. 

A aplicação de pomadas específicas para assaduras é uma excelente estratégia para acelerar a recuperação. Contudo, os pais devem utilizar somente aquelas indicadas pelo(a) pediatra. 

 

Como prevenir assaduras em bebês? 

Por outro lado, a prevenção de assaduras em bebês é bastante fácil. Apesar de muitas vezes o problema ser inevitável, algumas práticas contribuem para a redução de casos. Por exemplo: 

 

▪ Priorizar a amamentação materna faz com que o pH das fezes seja mais compatível com o da pele reduzindo as chances de manifestação de assaduras; 

▪ Não é necessário usar sabonete em todas as trocas de fraldas. A higienização com água morna e algodão já é suficiente; 

▪ Fraldas feitas com acrílico em gel superabsorvente deixam a região mais seca; 

▪ Toalhas umedecidas só devem ser usadas de vez em quando, porque causam irritação e podem provocar alergia; 

▪ As pomadas preventivas são boas opções de cuidado. Porém, é importante não comprar aquelas que possuem vaselina em sua composição. 

 

Agora que você já sabe como lidar com assaduras em bebês, não deixe de realizar as consultas de rotina com pediatras.  

 

Na Clínica Vittá, você encontra uma equipe médica altamente especializada, e a sua criança pode realizar exames com segurança no mesmo lugar!  

 

Agende um horário sem sair de casa. 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias para oferecer melhor experiência e conteúdos personalizados, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.


Li e aceito as políticas de privacidade.
Agendamento Online
Clique para Ligar